segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Pastoral

Editorial -  (Extraído: e adaptado)

A ARTE DE DOMAR O TEMPO

      O tempo é neblina. Para tornar o tempo um aliado e não um adversário,  considere estas ações:
      1. Saiba o óbvio: o tempo é fixo: um dia só tem 24 horas.
      2. Esmurre o seu corpo: Bata na sua desorganização. Não proteja sua preguiça.
Talvez tenha que dormir menos. Você não tem o tempo todo do mundo para fazer o que precisa.
   3. Saiba que nem sempre se recupera o tempo que se perdeu. Em certo sentido, nunca se recupera. Imagine o que poderia ter feito, se tivesse feito. O que fizer agora,
podendo ter feito antes, tirará algo a ser feito depois.
     4. Saiba que você pode fazer mais e melhor no tempo que tem. Pare de reclamar do tempo que não tem. Você tem o tempo que você tem. Discipline-se para não perder tempo, para não fazer de novo o que deixou pela metade.
     5. Identifique os ladrões do tempo em seu período. Pode ser: vendo televisão, falando ao telefone, jogando conversa fora, dormindo, internet, não fazendo nada. Essas coisas podem até ser importantes, mas não pode lhe controlar.
      Sua vida agradece.

Bom Domingo, Pr. Genilson, Carla e João Victor